A inacreditável mágica da Meditação

A realidade subjetiva e a realidade objetiva estão intimamente ligadas.
Quando a mente muda, o corpo não tem outra alternativa a não ser mudar também. A realidade objetiva, é obvio,  parece mais fixa que nossos humores, desejos passageiros e repentes de emoção subjetivos.

Esta frase do Dr. Deepack Chopra, foi retirada do livro A Cura Quântica.
O que ele quer dizer é que nós criamos com nossos pensamentos e atitude mental a realidade fixa que nos parece tão impossível de transformar, ou mudar, ou curar.
Parece difícil mesmo. Como posso mudar meu corpo apenas mudando minha mente?
Ocorre que tudo que se pensa e se faz é determinado por este ponto.

Ele explica assim: imagine uma corda de violino. Ela emite um tom, mantém esse tom, mas também é capaz de mudar o tom conforme o dedo desliza sobre ela, e alcança outra posição.
O tom da corda é nosso nível de consciência. Um ponto focal para onde convergem todos nossos pensamentos, emoções e desejos. A partir deste tom, tudo à sua volta passa a ter esse tom.

Mas a corda disponibiliza vários tons ao deslizar por ela, e o mesmo aplica-se à consciência. A corda é a consciência. O tom que você está tocando é seu nível de consciência atual, e é a base de criação de toda a realidade objetiva à sua volta. E você pode alterar este nível de consciência conforme desliza pela corda.
O que a meditação faz é isso. Através da meditação, você pode transcender, ou “ir além”, e alcançar novos pontos na corda da consciência. Assim, a mente ganha liberdade para novos níveis de consciência, onde pro exemplo, não existe doença.

Esse poder de cura da meditação já foi comprovado em pesquisas realizadas na década de 60. Jovens estudantes usuários de drogas leves abandonaram o hábito pouco tempo depois de iniciarem sua prática de meditação. A meditação possibilitou mais liberdade à suas mentes que deslizaram para um novo ponto ou nível de consciência onde, onde esses estimulantes não são necessários.

Medite de forma a aprender a deslizar e alcançar os mais altos níveis de consciência disponíveis em sua corda.
Medite não apenas para criar uma nova realidade objetiva.
Medite para viajar nas infinitas sensações e percepções da realidade subjetiva.
Medite apenas para remover as invisíveis barreiras que impedem a manifestação plena do poder consciente.

Namastê!

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *