Alto rendimento com meditação

Muito se fala nos dias atuais sobre os incríveis benefícios da meditação.
As pesquisas científicas na área de física quântica possibilitaram um melhor entendimento da sútil, mas axiomática, ação da meditação.
Não diferentemente, na área da saúde, pesquisas trazem resultados surpreendentes em grupos submetidos à tratamentos convencionais associados à prática de meditação.

Meditação, ou qualquer outro nome ou modelo mais contemporâneo que se dê à esta técnica, tornou-se evidente e inegável.
Para os conhecedores e praticantes de yoga, não há novidades nisso.
A meditação é para o yoga, a ferramenta capaz de “cessar as flutuações mentais” ( citta vritti nirodha). Flutuações mentais são os movimentos mentais, ou pensamentos, gerados por interferência de fatores externos. E os fatores externos são infinitos. Um simples aroma pode trazer à tona a lembrança de uma experiência negativa vivida no passado, e instantaneamente, um pensamento, ou movimento da mente é gerado. Esse pensamento gerado pode permanecer tumultuando sua mente por horas, ou pode ser domado, como se doma um animal selvagem.

A meditação é a técnica que doma essas interferências, sejam elas da natureza que forem. Medo, excitação, ansiedade, mágoas, lembranças, etc. Você não deixará de sentir todas essas sensações por que começou a meditar, mas vai aprender que dar sua atenção à elas é um grande desperdício.
Costumo dizer aos alunos que através da meditação desenvolvemos de maneira extraordinária, a capacidade de “encontrar a agulha no palheiro”. Quem medita, desenvolve habilidade de concentração e foco, e de raciocínio rápido. Ao deparar-se com um problema, uma situação difícil ou inusitada, o praticante de meditação enxerga a solução com rapidez e habilidade invejáveis e surpreendentes.

À esta habilidade de frequentemente solucionar questões de maneira rápida e cabal, damos o nome de “alto desempenho”.
É fácil concluir então, que meditar ajuda qualquer pessoa, de qualquer área profissional, em qualquer setor do mercado, a alcançar o seu máximo potencial.
A prática regular de exercícios meditativos remove todos os obstáculos ou ‘flutuações mentais’, que impedem a visualização da solução óbvia e simples de uma questão. E é assim mesmo: descomplicado!
Chega a parecer ilógico tamanha a facilidade deste processo.

Só não desfrutamos mais destes benefícios, por que são necessários muitos esforços pessoais, regados à determinação, disciplina e uma certa rigidez. Qualidades estas consideradas relevantes para o sucesso de qualquer profissional,  desde sempre.
Experimente colocar na meditação o mesmo empenho e dedicação  que coloca na sua formação, no planejamento  estratégico e na execução de seus projetos.
Escolha uma técnica, estude-a e não vacile na prática.
Você e todos à sua volta ficarão impressionados com a revelação pragmática de todo o seu potencial.
Isso é só fisiológico. Vai acontecer.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *