Savasana – A postura da entrega

Savasana quer dizer ‘asana do cadáver’, literalmente.
E uma foto do asana pode explicar claramente esse nome.
Fisicamente o corpo ocupa uma postura que parece realmente um cadáver. Deitado no chão, os braços à aproximadamente 30º do tronco, palmas das mãos voltadas para cima, e as pernas relaxadas, estendidas, com os pés também em angulo de 30º aproximadamente em relação ao corpo.,

Mas como asana, Savasana não resume-se à isso.
Savasana é considerado o mais difícil asana do Hatha Yoga, quando se leva em conta além da postura física, a atitude mental.
Este é o asana da entrega. Nele, o praticante com atitude mental correta, desenvolve a habilidade de entregar-se, de soltar-se. Acomodar o corpo em savasana é bem simples. Com o corpo acomodado, o passo seguinte é acomodar a mente e entregar-se. Entregar a mente e soltar seus medos, suas angustias, sua agressividade, sua auto cobrança, seu ritmo acelerado, soltar tudo isso e  desfrutar de toda a calma e paz que se pode sentir nesta entrega.

Savasana é uma atitude mental meditativa, que treina e prepara todo o corpo e a mente para a meditação.
Deitar-se em savasana, e simplesmente descansar, e até cochilar, é um grande desperdício. Claro que as vezes, não conseguir permanecer em atitude mental de entrega por conta do cansaço, é compreensível, mas não deixe que isso se transforme em rotina.

Explore ao máximo a disposição do seu corpo para relaxar e acalmar-se em savasana.
Explore ao máximo o que este estado de relaxamento físico produz em seu estado mental.
Explore ao máximo todas as incríveis sensações deste momento.

Eu costumo dizer que em savasana, aprendemos a entrega que confia, que desprende, que independe de nossa vontade. Você está como um cadáver, sem movimento, sem força, sem controle de qualquer ação, e precisa confiar no desconhecido, e em uma força que não está sob seu controle. Isso é libertador.

Talvez este seja um bom nome para caracterizar savasana: o asana da liberdade!

Pratique:

  • deite-se em decúbito dorsal, procurando o perfeito posicionamento das pernas (calcanhares aproximados e dedos afastados) , dos braços( afastados à 30º do tronco, com as palmas das mãos voltadas para cima), a cabeça sobre uma almofada pequena
  • mantenha os olhos fechados
  • respire profundamente algumas vezes, apenas para tomar consciência da postura do corpo e da respiração
  • aos poucos, deixe que a respiração aconteça suavemente e livremente, sem qualquer esforço
  • mergulhe nas sensações do seu corpo, sem imaginar qualquer sentimento, apenas entregue-se e sinta as reações no corpo
  • concentre-se no relaxamento total de cada parte de seu corpo até que a total imobilidade seja percebida
  • o corpo parece pesar no chão
  • permaneça o maior tempo possível experienciando esta sensação de imobilidade, de ausência de força, de controle ou domínio
  • tente descobrir o que e a entrega em verdade
  • confie no desconhecido

Benefícios:

  • como descrito no Hatha Yoga Pradípika e Gheranda Samhita: “Savasana destrói a fadiga e acalma a agitação da mente”

Experimente!! Pratique!! Transforme-se!!

Namastê!

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *