A permanência no asana

Por que é tão importante uma longa permanência nos asanas?
Acredito que você já entendeu que Hatha Yoga não é ginástica, certo?

Hatha Yoga é uma filosofia de vida, um modo de viver, é a ciência experimental que nos ensina a usar o corpo físico, mais denso e mais acessível, para acessar os corpos mais sutis, e consequentemente menos acessíveis, como o corpo mental e emocional, e o corpo prânico ou energético.
Para que esse potencial do asana aconteça em seu corpo físico, é preciso permanecer o maior tempo possível no asana.

Imagine que você começou a praticar Yoga, por que percebeu que encontra-se ansioso demais, e alguém te falou, ou você leu em algum lugar que yoga ajuda a diminuir a ansiedade. Isso é verdade. Na verdade mesmo, yoga pode acabar com o estado ansioso de qualquer pessoa. Então, você começou a praticar yoga, mas não tá gostando muito desse lance de ter que ficar lá, parado por um tempo, na postura que o professor sugeriu, e o que é pior, sem dar atenção aos seus pensamentos. E aos poucos a decepção vai tomando conta de sua mente, e em poucas semanas, você desiste e ainda passa a acreditar que essa tal de yoga não ajuda em nada. Isso que descrevi foi provocado por sua ansiedade e não pela chatice do professor de yoga. Ele seguramente já está aprendendo a lidar com a ansiedade.

Sem querer parecer rude ou chata, mas já sendo, se você realmente não praticou o asana do jeito chato, quieto, silencioso de corpo de mente e de alma, como seu professor sugeriu, você não praticou o yoga que poderia curar sua ansiedade. Ansiedade é um estado ‘mental’ de preocupação excessiva, e  que gera emoções e sintomas no corpo e na forma de agir da pessoa ansiosa. A ciência médica reconhece hoje a ansiedade como um distúrbio de saúde mental.

E não é fácil acessar a mente e ordenar que ela pare de preocupar-se com as coisas que ainda nem estão acontecendo. Essa é a função da mente: pensar. E quando sua mente parar de pensar, certamente já será tarde para se curar, em vida.
Mas é muito fácil acessar seu corpo físico, colocá-lo em uma postura que estimula o fluxo sanguíneo, a oxigenação dos tecidos, incluindo o cérebro, estimula o fluxo de energia pelo corpo energético, e estimula o exercício de não dar atenção à esta chuva de pensamentos que a mente gosta de nos oferecer. Ela só está tentando satisfazer os desejos que você deseja. O asana permite que você acesse sua mente, e ensine-a a ficar mais calma e quieta, e permite também que você aprenda a não dar atenção à todo e qualquer pensamento. Simples assim.

Então aqui já ficou claro por que permanecer o maior tempo possível no asana: por que neste tempo a estrutura de cada célula do seu organismo se purifica e se transforma. Por que neste tempo de permanência, você pode realizar uma auto observação, e identificar suas fraquezas e também todo o seu poder. Por que neste tempo de permanência, você pode ser verdadeiro, ou não, consigo mesmo, e com mais ninguém.

Acredite, não faz muita diferença para qualquer outra pessoa, quanto tempo, atenção e consciência você dedica à um asana, a não ser para você mesmo.
Seu corpo no asana tem muito mais poder que  um rivotril, mas não funciona na caixinha, só funciona se você usar.

Para curar de vez sua ansiedade,e muitos outros distúrbios, você precisa desenvolver a capacidade de permanecer quieto, calmo, permitindo que as coisas aconteçam. E não precisa sempre de remédios.

Para resumir em uma única frase: permanecer um longo tempo em um asana é importante para te ajudar a parar de tomar remédios.

Experimente! Pratique! Transforme-se! Cure-se!

Namastê!!

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *