Aprendi a dizer não…pra mim mesma.

Eu nasci com uma natureza ansiosa.
Sou do tipo de pessoa que tem pressa de fazer as coisas, por que não dá pra esperar acontecer.
Sou do tipo de pessoa que passa dias pensando em algo que ainda vai acontecer, um dia.
Do tipo de pessoa que não dorme sem resolver uma questão, e não admite falhar.
Sou do tipo de pessoa que quer o melhor resultado possível, e para ontem, claro.
Sou do tipo de pessoa que parece precisar o tempo todo, provar a si mesma que é hoje, melhor do que foi ontem.

Assim vive uma pessoa ansiosa.
Mas eu não adoeço por conta disso.
Eu aprendi a dizer não! Principalmente, dizer não à mim mesma.
Há uma porção de mim, que parece boicotar-me, que parece não querer perceber o mal que toda essa ansiedade pode causar-me. E eu aprendi a dizer não à esta porção de mim.

E meu não é NÃO mesmo.
Não quero mais as coisas para ontem, por que descobri que essa pressa toda só acelera meu envelhecimento (o que pode me trazer rugas), e eu aprendi a curtir o tempo que as coisas levam para acontecer de verdade.
Não quero mais fazer mil coisas em um único dia, por que descobri que só dou conta mesmo de algumas poucas coisas, e aprendi a deleitar-me na total e plena realização destas poucas coisas.
Não quero mais fazer várias coisas ao mesmo tempo, mesmo sabendo que a mulher é experte nisso, por que descobri que isso só me torna mais ansiosa e impaciente, e agrava minha TPM, e eu aprendi que é muito prazeroso fazer uma coisa de cada vez, exatamente como se degusta uma boa taça de vinho.
Não quero mais provar nada à ninguém, por que descobri que isso torna-me intolerante comigo mesma, e eu aprendi com a vida que tudo é entre eu e Deus.
Não quero mais correr o risco de não falhar, por que descobri que isso torna-me uma pessoa chata e feia, e eu aprendi, e muito, com cada uma das falhas que já cometi.

Eu aprendi a dizer não para mim mesma, e as rugas diminuíram, os risos se multiplicaram, tornei-me uma verdadeira fortaleza, acabei com a TPM, com a chatisse e fiquei mais bonita.
Eu aprendi a dizer não para mim mesma, e a vida parece ter se transformado em um lindo campo de girassóis.
Eu aprendi a dizer não para mim mesma, e para tudo que não é necessário.

Eu finalmente aprendi a viver!!

Desejo à todos um fim de semana iluminado e de aprendizados!

NAMASTÊ!!!

Compartilhar:

2 Comments on “Aprendi a dizer não…pra mim mesma.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *