Expirando, você inspira?

A reposta mais lógica à essa pergunta é: Não. Enquanto eu expiro, não posso inspirar, são ações antagônicas.
Expirar é o mesmo que exalar, emanar, evolar-se, soltar e morrer.
Inspirar é o mesmo que aspirar,  assoprar, animar, imbuir, influenciar, e viver.

Ambas expressões estão diretamente conectadas ao processo respiratório, por isso, seguindo esse raciocínio lógico, expirando eu NÃO inspiro.
Faz sentido e não há equivoco aqui.
Mas, eu acredito que a gente já conseguiu entender que nada se resume à um único ponto de vista e uma única verdade. Nada do que nos parece real e concreto, é assim em essência.
Expirar e inspirar são palavras criadas para dar nome e percepção à acontecimentos que se parecem em sua essência, e não apenas para identificar o processo respiratório.

Então, percebendo expirar como emanar algo de você, soltar algo que está com você, não seria possível obter uma outra resposta?
Percebendo inspirar como sentir-se animado, sentir-se influenciado por uma sensação, não seria possível obter uma outra resposta?

Feche os olhos e ao expirar, imagine toda sua sabedoria adquirida ao longo da vida, todo seu conhecimento acumulado, todas as suas experiências vividas,  emanando e sendo lançados ao ar.
Mantenha seus olhos fechados e imagine que qualquer pessoa, disposta à inspirar-se , pode acessar tudo isso que você emanou, acolher em si mesmo, e sentir-se influenciado, e animado.

É uma outra realidade. Sem contestações.
Pois isso acontece à cada inspirar e expirar de nossas vidas. Voltando à pergunta: que tipo de inspiração você produz no mundo ao expirar?
O que você expira é bom? Tem sabedoria? Tem conhecimento? Tem boas intenções?
Por que tudo que você expira irá provocar algum tipo de inspiração, quer você queira ou não.

É como o Sol, quer ele queira, quer não, todos são inspirados, influenciados e animados pela luz que dele emana. Toda a Natureza é tocada por essa luz e esse calor que exala a própria vida.
Esse é o sentido de ser. Pra que o Sol seria essa bola de fogo luminosa, se não provocasse a inspiração dessa luz e dessa poderosa força em tudo que fosse tocado por ela?
Para que então acordamos todos os dias, realizamos todos os passos de  nossa rotina, senão para sermos nossa essência, exalarmos nossa essência e inspirarmos outras essências à serem?

Ainda que você não queira, você estará sempre expirando. Por que então, não escolher expirar o seu melhor para inspirar algo de bom à quem estiver precisando?
Não consigo ver nobreza maior.

Expirando…Inspire!

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *