Qual é o tamanho do seu problema?

Os problemas são do tamanho do homem…Esta é uma afirmação de filósofos e sábios como Aristóteles, Platão, Hermes, Lao Tsé, entre muitos outros.
Se você tem grandes problemas, acredite, não é um terrível castigo de ‘deus’, ou a crueldade da vida. É apenas uma oportunidade ofertada pela vida, em sua infinita e misteriosa sabedoria, para que você dê um grande passo à frente.
E esta é a natureza humana. Dar passos à frente, em direção à um desenvolvimento e evolução.

Olhando por este prisma, e com um pouco de boa vontade, entendemos que nenhum problema surge para atrapalhar nosso caminhar, ou nos impedir, e muito menos para nos fazer retroceder. Permanecer na mesmice da vida, na calmaria aparente de uma conquista, tolido pela falta de consciência e de vontade, é retroceder.

Ontem, um filme ao qual eu assitia, intentava evidenciar como nos boicotamos, como nos aprisionamos e simulamos uma satisfação. Não há satisfação plena. Há apenas a presumida sensação de satisfação, alimentada pelo medo de enfrentar problemas, sobretudo, problemas de aparência grandiosa, assustadora e intransponível.
A personagem principal do filme é uma espécie de anjo. Uma consciência que reconhece alguns poderes inexplicáveis, domina tais poderes, mas, esbarra sempre em um limite.
O limite, como uma barreira, é o seu principal problema. Mas, quando parou de olhar para a barreira, e olhou para dentro de si, o anjo venceu mais este limite.

Os problemas são do tamanho da consciência humana. Se não adotamos uma postura humana, pode acontecer de um problema realmente aparentar ser maior.

Presos à uma ilusão à cerca da verdade e da realidade, não conseguimos acreditar em nós mesmos. Não acreditamos em nossa força, em nosso poder e em nossa capacidade de ultrapassar qualquer barreira que se apresente à nossa frente.
Presos à esta ilusão, nos sentimos pequenos, diminuídos e incapazes. Enxergamos os problemas como paredões invencíveis,  e ainda assim, rendemo-nos à falsa satisfação.

Como pode sentir-se satisfeito, pleno e realizado, alguém que sente-se pequeno diante de um problema? Como este alguém pode sentir-se feliz? Como pode este alguém não ficar doente?
Só existe um jeito de vencer um problema: enfrentando o problema, de frente.
E as vezes, só o que precisamos para vencer em definitivo um problema, é olhar para dentro de nós mesmos, reconhecer e descartar as fraquezas, e enxergar, finalmente, nosso verdadeiro tamanho diante do problema.
Você pode estar se perguntando, por que nos aprisionamos e nos iludimos tanto?

Porque olhar para dentro de si mesmo, pode ser muito mais doloroso do que conformar-se com um problema invencível.
Porque olhar pra dentro de si mesmo, é o maior problema da natureza humana.
E porque olhar para dentro de si mesmo, é confrontar a ilusão.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *